ouro preto

(Depois de Aimorés, segui com a minha irmã para visitar as cidades históricas de Minas Gerais)

Na primeira subida, me dei conta que essa não seria uma viagem relaxante. Ouro Preto é uma grande ladeira e requer pernas muito mais em forma que as minhas sedentárias. Na primeira descida, descobri que pra baixo é pior que pra cima. Evitar uma queda demanda - além de força - muita atenção. Não é à toa que as pedras das calçadas são chamadas de pedra-sabão...

Tive a impressão que Ouro Preto é diferente para cada um que passa por lá. É como se a cidade pudesse ser o que você precisar: romântica, agitada, aventureira, melancólica. A minha Ouro Preto foi repleta de história e contemplação. Quando não estávamos visitando museus e igrejas, sentávamos em algum banco e olhávamos ao redor, admirando a paz das montanhas e a beleza das construções.

Mas, como um ex-soldado que grita os horrores da guerra enquanto dorme, Ouro Preto tem algo que não consegue esconder. Assim que chegamos, fui tomada por uma angústia que me acompanhou até o fim da viagem. Em uma noite, acordei apavorada, suando frio e tremendo. Não conseguia lembrar de ter tido um pesadelo. Acho que foram os séculos de sofrimento e injustiça que estão guardados naquelas minas e porões.

Hospedagem: ficamos no albergue Goiabada com Queijo. São três quartos com beliches, uma cozinha e sala comunitárias, dois banheiros e três chuveiros. Foi muito divertido. Trocamos ideias com canadenses, holandeses, franceses, chineses e brasileiros. A dona, a Lidi, tem um astral inabalável e é super parceira. Saímos para jantar com ela uma noite e foi como se nos conhecêssemos há tempos!

Comida: recomendo a pizzaria O Passo (o lugar parece chique, mas as pizzas não são tão caras) e a sopa de abóbora da chocolateria e cafeteria Puro Cacau. Para beber, a cerveja Ouropretana. Já o melhor pão de queijo que provei foi o da rodoviária. :)

Passeios: meus preferidos foram o Museu do Oratório, Museu da Inconfidência, passeio de trem até Mariana e o pôr do sol visto da Igreja Nossa Senhora do Carmo.