tão cinza...

Abrir a janela e ver o sol é a melhor maneira de começar meu dia. Vibro diante das possibilidades de um céu azul. E é por isso que tive dificuldade em lidar com as últimas semanas nubladas... Ainda na cama escuto o barulho da chuva e torço para ser apenas um sonho.

A verdade é que 2015 não tem sido fácil. Há quase um ano travei uma batalha comigo mesma - e a luta vem se extendendo por mais tempo que gostaria. Em alguns dias, sou a grande vencedora: feliz, completa e presente. Em outros, perco pra ansiedade e recuo diante dos medos e cobranças. 

Tenho tentado encarar essa temporada cinza como um teste. Encontrar a positividade nos dias ruins é como ter certeza que o sol está acima das nuvens. É questão de olhar por outro ângulo. Muitas vezes o lado bom da vida é encoberto pela nossa própria sombra - e, enquanto não conseguimos acessá-lo, o jeito é dançar na chuva.

As fotos são de um dos muitos dias cinzas - e lindos! - que vem fazendo em Florianópolis.