semana 7

Eu ia dizer que a vida está corrida - mas de quem não está, né?

Esses dias, enquanto lamentava por não conseguir atualizar o blog, percebi que a vida é corrida, eu que estava mal acostumada. Percebi que reclamar da correria não leva a nada, só me deixa mais carrancuda. E percebi que falta de tempo é desculpa pra não fazer o que não quero - o que realmente quero, dou um jeito. 

Pela primeira vez, tenho um trabalho de verdade, minha própria casa e um serzinho que depende de mim (a Matilda). Essas obrigações ocupam grande parte dos meus dias, mas também são responsáveis por grande parte da minha alegria. Meu lado ansioso e dramático demorou pra entender que é possível fazer as pazes com a correria, basta aceitar que não preciso dar conta de tudo.

A verdadeira desculpa por não atualizar o blog não é falta de tempo, mas sim que prefiro dormir mais cedo, assistir um filme com o Dudu ou passar algumas horas com minha família. Eu amo o blog e sou grata por tudo que ele me proporciona. Mas, nas devidas circunstâncias, ele simplesmente não entra na minha lista de prioridades. :(

Parece óbvio, mas a independência me ensinou que a felicidade depende só de mim. Neste momento, ser feliz significa aprender a viver em outro ritmo - no meu ritmo. Mesmo que isso implique ter uma casa mais bagunçada e um blog menos atualizado.

17/02/14 - segunda-feira: o caminho que leva à praia no fim da nossa rua. Essa foi a última noite em que dormimos naquele apartamento.

18/02/14 - terça-feira: o dia que minha família

voltou da Inglaterra

.

19/02/14 - quarta-feira: Alice brincando com a Matilda no quintal da casa dos meus pais.

20/02/14 - quinta-feira: nós todos na mesma cama assistindo um filme.

21/02/14 - sexta-feira: Matilda aprontando, pra variar...

22/02/14 - sábado: passei alguns dias dormindo na casa dos meus pais em um colchão no chão. A Matilda amou a possibilidade de dormir comigo.

23/02/14 - domingo: BFFs.