o protesto do chuchu

Quando fomos a Bom Retiro, trouxemos alguns vegetais do quintal das avós do Dudu. Entre eles veio um chuchu que - por não ter o costume de comer - coloquei no fundo da bacia até decidir como iria prepará-lo.

Pois ele cansou de esperar.

Um dia desses, enquanto tomava café, reparei num cabinho verde ao lado da abóbora. Era o pobre chuchu tentando nos lembrar de que ainda estava ali.

Fiquei tão emocionada com tamanha vida que não tive coragem de comê-lo. O Dudu achou que seria uma boa ideia plantá-lo na horta aqui do condomínio. E realmente foi. No dia seguinte, haviam brotado mais dois cabinhos!

Se realmente vingar, acho que vou ter que ir atrás de umas receitas de chuchu... :)