sozinha em londres

Fazia tanto tempo que não viajava sozinha que tinha esquecido de como era fácil: andar sem rumo e não ter que dar satisfações, parar pra fazer xixi milhões de vezes sem ninguém se espantar, me perder no tempo dentro de lojas e museus.

Mas por melhor que seja, viajar sozinha tem efeitos colaterais. Falar consigo mesmo é um deles. Checar o celular a cada meia hora é outro. E depois de poucos dias, sempre acabo de saco cheio da solidão e desejando alguém pra compartilhar aqueles momentos.

E é por isso que essa viagem a Londres foi perfeita. Saía logo cedo pro curso e ficava lá até às cinco da tarde. Depois passeava até às nove e meia da noite e voltava exausta pro albergue. Teve sol, calorzinho e dias longos. E depois de quatro dias minha família passou pra me buscar e fomos juntos pra Cambridge. Na medida certa. :)