bruges II

(este post é de uma viagem que fiz no começo de Dezembro com minha família. Fomos de carro por três países. Veja os outros posts aqui.)

Meu pai comprou essa bebidinha aí de cima achando que era cerveja. Ele chegou no balcão, apontou pro copo da pessoa do lado e disse que queria aquilo.

"Opa! Não é cerveja! É café!" - exclamou assim que colocou na boca.

"Posso provar!?"- perguntou a Nina - ansiosa por algo que a esquentasse naquela gélida noite de dezembro. "Credo! Que café horrível!!!"

Acontece que não era qualquer café, e sim café irlandês. Ou seja, café + açúcar + uísque.

Assim que soube que havia tomado álcool, Nina se sentiu tonta. Explicamos que não é bem assim que funciona, que só um gole não tem esse efeito. Mas acho que não convencemos muito. Algo me diz que ela vai sempre lembrar dessa noite como a em que ficou bêbada pela primeira vez - no alto de seus doze anos. :)