véspera de natal

Quando nos mudamos do interior de São Paulo pra Floripa - em 2001 - nossos natais passaram a ser singelas comemorações. Não mais árvores imensas, infinitos presentes e família volumosa. Mas, mesmo assim, nunca faltou o principal: muito amor e comida boa.

Este ano - com frio e chuva do lado de fora - foi ainda mais introspectivo. Passamos o dia em casa embrulhando presentes, preparando a ceia e ouvindo músicas natalinas. 

Mantivemos a tradição e jantamos um bacalhau delicioso preparado pela mama - dessa vez com a ajuda do Dudu! - acompanhado de vinho francês e seguido por sobremesa da Alice. O amigo secreto teve direito a poesias e caça ao presente. E depois saímos pra dar uma volta a pé pelo bairro.

Foi uma noite divertida, reconfortante e tranquila. Só faltou nevar. Mas, pensando bem, quem precisa de neve quando se tem ao lado as pessoas que mais ama no mundo?

Feliz natal. :D