dias curtos

De uma semana pra outra, comecei a ir pro ballet no escuro - às cinco da tarde! E não é escurecendo. É escuro mesmo. Noite. Foi aí que percebi como os dias estão assustadoramente mais curtos. Às 16h30 o sol se põe. E esse horário só vai diminuir, até chegar às 15h50 em Dezembro.

O mais estranho dos dias curtos são as noite longas. Às 20h, já tive vontade de jantar umas cinco vezes e tô considerando ir pra cama. Às 23h, tá escuro há tanto tempo que fico esperando o sol nascer a qualquer hora. Mas ele só vai aparecer no dia seguinte, às oito da manhã.

Não é à toa que aqui os colégios começam às 9h e as festas não passam muito de meia-noite. É o ritmo da vida em sintonia com o da Terra. :)