de lá pra cá

Faz um mês e meio que chegamos à Inglaterra, mas essa é a primeira semana que me sinto realmente morando aqui.

Antes parecia uma viagem a trabalho - tínhamos hora pra acordar, compromissos, prazos e problemas. Quase não sobrava tempo pra conhecer a cidade e relaxar. Alternávamos entre imobiliárias, bancos, concessionárias, seguradoras e escolas. Lidávamos com assuntos complicados, em uma língua que não é a nossa e num país com costumes diferentes.

Como meus pais ainda não se viram no inglês, tive que ser a porta-voz da família. Foi um estágio pra vida. Aprendi tudo o que é importante na hora de escolher uma boa casa, comprar um carro, abrir conta no banco,  fazer um seguro, decidir por uma escola e assinar um contrato.

Descobri que por mais preparado que se esteja, nem sempre tudo sai como planejado.  Tivemos muita dificuldade em transferir dinheiro do Brasil pra cá simplesmente porque o sistema caia ou era feriado em algum lugar do mundo.

Me frustrei a perdi a paciência mais vezes do que gostaria. Chorei de cansaço, de saudades, de raiva. Tive a ponto de desistir. Mas daí, mesmo naqueles dias em que tudo estava dando errado, meu pai fazia uma palhaçada e minha mãe começava a cantar. E eu sabia que tudo ia ficar bem. :)