Com quase 1 ano

Ele não chorou,

dançou remexendo a cabeça e o bumbum,

riu enquanto trocava a fralda cheia de cocô,

se divertiu empurrando cadeiras pela casa,

tomou xarope e pediu mais,

distribuiu sorrisos pra todo mundo,

e fez a minha manhã passar em segundos!

Desse eu até pago pra ficar de babá! (tomara que a mãe dele não leia isso...)